quinta-feira, 28 de maio de 2009

Vestido Verão



Um comentário:

  1. No sul mora a saudade
    No peito de mulher sem nome nem guarida
    Que percorre a beira-mar entoando
    Um chamamento de nostalgia

    Porque o amor não se detém
    Às vezes enlouquece a loucura
    Tempestade ou bonança
    Planta sedenta da ternura


    Boa semana



    Mágico beijo

    ResponderExcluir